2018 foi um grande ano para nosso mercado e hoje trouxemos os números disponibilizados pela Anatel no fechamento do ano que passou. O total de contratos ativos do serviço de Banda Larga Fixa no Brasil foi de 31.058.064 de acessos.

No período de 12 meses, foram 2.435.665 contratos de crescimento para a banda larga fixa (+8,51% a mais quem em 2017). E na comparação com o mês anterior, houve aumento de 107.381 contratos (+0,35% a mais que outubro). O relatório apresentado na última semana de dezembro são referentes ao último levantamento de 2018, realizado no mês de novembro pela Agência.

 


RANKING POR GRUPOS

1º – Grupo América Móvel (Claro, Net, Embratel): 9,350,199 milhões de acessos (30,1% do Mercado)
2º – Vivo: 7.594.545 milhões de acessos (24,45 % do Mercado)
3º – PROVEDORES REGIONAIS: 6.186.185 milhões de contratos (20% do Mercado)
4º – Oi: 6.073.431 milhões de acessos (19,55% do mercado)

Os Provedores regionais já são o 3º Maior Grupo do país em participação do mercado de Banda Larga Fixa, deixando a Oi para trás na contagem de acessos ativos.

 

Acesse os dados do serviço de banda larga fixa.

 


POR VELOCIDADE

Comparação dos números de contratos por velocidade contratada entre o mês de Novembro de 2018 contra o mesmo mês em 2017. (Comparativo de Crescimento no período de 1 ano)

0kbps a 512kbps –    428.371 (2018) |       899.048 (2017) – Redução no uso da Velocidade
512kbps a 2Mbps –   4.929.290 (2018) |    6.048.899 (2017) – Redução no uso da Velocidade
2Mbps a 12Mbps –    10.118.208 (2018)9.807.938 (2017) – Crescimento no uso da Velocidade
12Mbps a 34Mbps –  7.968.190 (2018) |    7.745.034 (2017) – Crescimento no uso da Velocidade
> 34Mbps –                7.366.948 (2018) |    3.963.916 (2017) – Crescimento no uso da Velocidade

 

Notamos um crescimento considerável nas maiores velocidades de conexão e redução nas contratações de velocidades mais baixas.

 


POR TECNOLOGIA

(Comparativo de uso de tecnologia no período de 1 ano)

Fibra Óptica – 5.394.720 (2018) – 2.773.859 (2017) – Maior aumento no uso entre as tecnologias no intervalo de 1 ano;
Cable Modem – 9.428.343 (2018)  – 8.889.648 (2017) – Crescimento na base de uso no período;
xDSL – 12.376.079 (2018) – 13.190.362 (2017) – Redução na base de uso da tecnologia nos últimos 12 meses;

Sem dúvidas o uso de melhores tecnologias está influenciando diretamente no crescimento das velocidades do serviço no país, como vimos no item anterior. Isso também está diretamente ligado ao desenvolvimento dos ISPs no país, já que os Provedores Regionais estão aprimorando suas redes com Fibra Óptica em todos os estados do Brasil.

 


POR ESTADO

Melhor Crescimento

O maior crescimento percentual de clientes foi no estado da Paraíba que registrou +15,06%. O Espirito Santo, Pernambuco, Pará, Santa Catarina foram outros estados com bom crescimento de sua base de assinantes em comparação com outubro.

Todos os estados brasileiros apresentaram crescimento, com única exceção do estado de Roraima, que perdeu 962 contratos ativos (-2,54%).

 

Maior Base

O maior mercado de banda larga fixa do país foi o estado de São Paulo, com 10.462.246 contratos;
Rio de Janeiro ficou em segundo lugar, com 3.326.983 contratos;
Minas Gerais em terceiro lugar, com 3.218.443 contratos.

 


ISPs – Provedores Regionais

Os provedores Regionais estão com uma excelente porcentagem do mercado atualmente. em 2018 se tornaram o 3º Maior Grupo do país, onde juntos somaram 6.186.185 milhões de contratos do total de ativos de banda larga fixa do país. No mesmo período em 2017, o montante era bem menor, cerca de 4.064.540 ativos.

 

Assim, os ISPs cresceram cerca de 54% em 12 meses em comparação com sua própria base de contratos ativos. Foi o maior grupo com crescimento percentual entre todos as empresas que provem internet no Brasil.

 

Hoje, o grupo dos provedores regionais representa aproximadamente 20% de todo o Market Share da banda larga fixa brasileira.

 

Fonte: Anatel | MHemann


ACOMPANHE OS ÍNDICES DA BANDA LARGA EM NOSSO BLOG:

Banda Larga Fixa chega a 30,8 milhões de contratos ativos no país. Acompanhe o crescimento dos ISPs no serviço de SCM em 2018

18,46% dos contratos de Banda Larga no Brasil são dos Provedores Regionais mostra o relatório da Anatel no fechanto de Julho