Entre 2012 e 2014, as empresas de Internet da região Sul tiveram crescimento tanto nominal quanto real, passaram a representar 15,5% do faturamento brasileiro das empresas do segmento de Internet, geraram 16% dos novos postos de trabalham e fecharam o período pagando salários maiores que a média nacional a seus funcionários.

Os indicadores integram uma pesquisa encomendada pela Abranet ao Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), que considerou as empresas do segmento de representação da Abranet, incluídas nas divisões 61, 62 e 63 da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAEs). A pesquisa foi apresentada durante a abertura da Conferência Regional Abranet Sul, realizada nos dias 1 e 2 de setembro, em Curitiba (PR).

O faturamento das empresas do Sul subiu de R$ 17,5 bilhões, em 2012, para R$ 19,9 milhões, em 2013, e alcançou R$ 22,35 bilhões no ano passado. Foi um crescimento de 48,8% no período. As atividades ligadas às atividades de comunicação responderam por 21,8% do faturamento, enquanto as atividades ligadas à tecnologia da informação somaram 78,2% em 2014.

Esse montante faz com que as empresas do Sul representem 0,27% do total do faturamento das empresas brasileiras e seja maior que 79% dos setores da economia. Nacionalmente, as empresas que atuam no segmento Internet faturaram R$ 144,7 bilhões no ano passado.

Assim como no escopo Brasil, na região Sul, as empresas de menor porte são mais numerosas, porém, faturam menos. Do total, 2,07% (ou 435 empresas) faturam acima de R$ 48 milhões por ano, enquanto 14,79% (3.105 firmas) faturam entre R$ 3,6 milhões e R$ 48 milhões anualmente. A maioria (74,13% ou 17.453 empresas) faturam menos que R$ 3,6 milhões.

Na pesquisa, a região Sul se destacou com relação à massa salarial. O montante pago é superior que a média nacional: o salário médio anual ficou em R$ 47,8 mil no Sul contra R$ 40,3 mil na média brasileira.

Com quase 21 mil unidades (contando filiais), as empresas do segmento de Internet da região Sul empregavam 55,9 mil funcionários em 2014, um crescimento acumulado de 20,9% desde 2012. Nacionalmente, as 139,7 mil unidades empregavam 370,5 mil pessoas no mesmo ano. Entre 2012 e 2014, a região Sul gerou 9,7 novos postos de trabalho, ou seja, 16% dos 57.780 postos criados no Brasil todo.

Fonte: abranet.org.br

onclick="ga('send', 'event', 'botao', 'clique', 'whatsapp'); onclick="ga('send', 'event', 'botao', 'clique', 'formulario');