Redes sem fio também são ondas de rádio e estão sujeitas a sofrer as mais diversas interferências, principalmente com a presença de objetos e obstáculos entre a geradora do sinal e o dispositivo receptor. Disso nascem as “zonas mortas” das redes sem fio.
 
 
zona morta

 

“Zona morta”

É um local na sua casa, apartamento, escritório ou qualquer outro cômodo onde o sinal da rede sem fio não funciona. Nesses locais, quando você usa um smartphone ou tablet, eles não conseguem se conectar à rede.
Qualquer coisa capaz de interferir com as ondas de rádio também é capaz de gerar uma zona morta. Se você tem uma casa espaçosa e colocou o roteador sem fio num extremo dela, o outro extremo pode acabar não recebendo força de sinal adequada para o funcionamento de dispositivos que se conectam a essas redes.
Casas antigas, construídas bem antes dos primeiros roteadores chegarem ao mercado, também podem apresentar materiais que obstruem a passagem do sinal Wi-Fi. Objetos grandes de metal, como armários e geladeiras, são grandes responsáveis por interromper a propagação do sinal sem fio.
Até mesmo finas telas de arame podem resultar no aparecimento de zonas mortas na sua residência. Outros vilões incluem telefones sem fio, fornos de microondas, babás eletrônicas e outras redes sem fio que usam o mesmo canal que a sua.
Livrando-se de zonas mortas
  • Mude o roteador de lugar, posicionando no local mais central do cômodo, ou da casa. Assim, todas as extremidades podem receber um nível melhor de sinal.
  • Ajuste a antena para que ela fique na posição mais vertical possível, sempre apontando para cima. Não se deixe levar pelas imagens ilustrativas mostrando antenas inclinadas. Elas foram feitas para ficar retas verticalmente.
  • Identifique obstruções e mude-as de lugar, removendo equipamentos como os fornos de microondas e armários metálicos de perto do roteador ou o afaste o roteador desses objetos para que o sinal não seja barrado.
  • Escolha o canal wireless mais vago. Prefira sempre escolher o sinal wireless que não tenham nenhuma rede ou que tenha o menor número de redes possível. Fique de olho também na quantidade de redes nos canais vizinhos, que podem interferir na sua. Para te ajudar com isso, instale o inSSIDer.
  • Instale um repetidor. Você pode comprar outro roteador (mais barato) e usar como repetidor ou comprar um repetidor propriamente dito (mais caro) e assim expandir o alcance da sua rede sem fio, melhorando o sinal em ambientes ou casas muito grandes.
  • Use uma conexão cabeada. Você pode levar um cabo de rede Ethernet até uma região que possua uma zona morta, ou usar um adaptador elétrico que vai transmitir o sinal de internet pela tomada de energia até o local onde o sinal é ruim.
Como vimos, a existência de uma zona morta vai depender da maneira como seu roteador está posicionado, dos materiais que foram usados na construção de sua casa, dos objetos que estão espalhados por ela, das interferências causadas por redes vizinhas e de outros fatores.
Ondas de rádio são realmente bastante sensíveis e são necessários os cuidados acima para mantê-las usáveis. Com as dicas deste artigo, você será capaz de rastrear o culpado e acabar com a zona morta, ainda que com base no método de tentativa e erro.

onclick="ga('send', 'event', 'botao', 'clique', 'whatsapp'); onclick="ga('send', 'event', 'botao', 'clique', 'formulario');