O avanço dos provedores regionais na competição do mercado de SCM

As prestadoras de SCM que competem com as três principais operadoras de Banda Larga fixa do Brasil (Claro, Vivo e Oi) vem ganhando quotas de mercado nos últimos três anos e, no mês passado (julho de 2017), passaram a responder por 18,7% dos acessos banda larga fixa do Brasil.

Quotas de participação do mercado de banda larga fica no Brasil

Quotas de participação do mercado de banda larga fica no Brasil

Com a repetidas quedas nas adições líquidas das operadoras líderes de mercado, prestadoras de banda larga fixa, entre elas os provedores regionais, começam a crescer e, no acumulado de janeiro a julho deste ano já representam 77% do total de adições líquidas.

Se a analise partir para regiões do país em que os municípios ainda não contam com infraestrutura de banda larga de alta velocidade, o resultado das prestadoras de menor porte é de ainda mais destaque.

Figura Grupo B

O Grupo B era formado em jul/17, por 95,4% dos municípios brasileiros, onde moravam 50,7% da população e estavam 23,7% dos acessos Banda Larga fixa do Brasil.

Com este resultado Claro, Vivo e Oi perdem a liderança para as competidoras nos municípios onde não existe uma infraestrutura de banda larga de alta velocidade (Grupo B).

Embora as grandes operadoras ainda sejam lideres no Grupo A, os provedores e demais prestadoras conseguiram ganhar espaço de mercado também nos outros 256 municípios que compõem o Grupo A. Competidoras subiram de 6,2 % em 2013 para 11,2% em Julho de 2017.

Figura 3 Grupo A

O grupo das competidoras era formado em jul/17 por cerca de 3 mil prestadoras de SCM que reportaram acessos naquele mês. Além dos provedores, estão entre elas, outras seis empresas que possuíam mais de 100 mil acessos Banda Larga fixa.

Figura 4

Fonte: Teleco Inteligência em Telecomunicações

 

DADOS ANATEL (SCM)

Conforme dados divulgados pela Agência nacional de telecomunicações (ANATEL), foram 27.896.068 acessos banda larga fixa registrados em julho de 2017, um crescimento de 1.542.100 novos contratos (+5,85%) nos últimos 12 meses.

Em comparação com o mês anterior, julho registrou aumento de 156.483 (+0,56%).

Os provedores regionais de banda larga fixa lideraram o crescimento percentual do serviço nos últimos 12 meses, com 989.440 novos contratos (+37,17%).

Outro dado interessante que podemos observar é o crescimento das velocidades de acesso. Onde o maior crescimento está na faixa entre 2Mbps a 12 Mbps e em segundo lugar as velocidades de 12Mbps a 34 Mbps.

Acessos Banda Larga Fixa em Jul/2017

Jul/2016 Dez/2016 Jun/2017 Jul/2017
Total de Acessos 26.353.968 26.674.981 27.739.585 27.896.068
Densidade* 12,8 12,9 13,4 13,4
Crescimento Mês 173.792 -70.819 253.978 156.483
0,7% -0,3% 0,9% 0,6%
Crescimento Ano 871.490 1.192.503 984.651 1.141.134
3,4% 4,7% 8,9% 9,5%
Crescimento em 1 ano 1.248.511 1.192.503 1.559.409 1.542.100
5,0% 4,7% 6,0% 5,9%

*A densidade está sendo calculada com a revisão 2013 da projeção mensal da população realizada pelo IBGE divulgada em Abr/14.

Acessos Banda Larga Fixa por Velocidade 

Milhares 2014 2015 2016 1T/2017 2T/2017 Jul/2017
0Kbps a 512Kbps 1.471 1.195 1.037 906 925 893
512kbps a 2Mbps 7.439 7.356 6.731 6.638 6.418 6.359
2Mbps a 12 Mbps 11.240 9.967 9.576 9.614 9.614 9.565
12Mbps a 34 Mbps 3.037 5.550 6.496 6.975 7.358 7.529
> 34Mbps 782 1.415 2.914 3.099 3.424 3.551
Total 23.968 25.482 26.755 27.233 27.740 27.896

FONTE: Abranet/ Anatel

Veja Outras Matérias Relacionadas Abaixo:

Banda Larga cresce em acessos e Provedores Regionais tem melhor média do setor

ANATEL: Provedores regionais registram 6º mês consecutivo com crescimento de assinantes em 2017

 

Cresce Velocidade Média da Banda Larga no Brasil

 

 

Los comentarios están cerrados.